Notícias no WhatsApp ou Facebook?

Você conhece o Facebook de longas datas. Acompanha as notícias e curiosidades do mundo em seu perfil. E você já achava tudo muito prático em termos de ter as informações todas reunidas em um único lugar.

Acontece que surgiu o primo mais novo do Facebook há alguns anos e vem devagarinho tomando espaço. E você sabe qual é a mais recente novidade do WhatsApp? Informações e notícias.

Na verdade, nem é tão recente assim. O que acontece é que como o WhatsApp foi comprado pelo Facebook há tempos atrás, ele vem recebendo atualizações no app. Isto tem favorecido e muito a questão da divulgação de notícias diárias.

Para você toda essa tecnologia foi chegando sem você nem se dar muita conta e perceber que logo estava recebendo no seu celular informações do mundo.

O relatório da Reuters – Universidade Oxford – indica que o Brasil foi o país onde mais houve crescimento de informações via WhatsApp. E segundo o site da Folha, este estudo abrange 36 países.

Esta pesquisa só levou em consideração algumas áreas urbanas de determinados países. O Brasil foi um deles. Mesmo assim o estudo apontou que 6% do Brasil urbano estava declinando às redes sociais e migrando para o WhatsApp. Esta é mais uma novidade do WhatsApp.

Isto significou uma redução das informações através do Facebook num percentual de 12% contra 7% do crescimento do WhatsApp para este fim.

Entretanto o Facebook ainda se mantém à frente com 57% dos entrevistados dizendo que usam sua plataforma contra 47% do WhatsApp. Você pode ver que a disputa é apertada.

O WhatsApp tem tido um crescimento muito relevante na América Latina e é por isso que a sua expressividade é bem maior por aqui.

O motivo principal desta novidade do WhatsApp é que ele é mais restrito, mais privativo e não funciona através de algoritmos como o Facebook faz.

O algoritmo do Facebook tende a escolher as notícias que você vai ter acesso, restringindo-o e trazendo algumas vezes até notícias falsas.

O resultado destas novidades do WhatsApp é que hoje você tem a comodidade de escolher qual é a plataforma que você irá usar e para quê. A tendência é ainda mais a popularização do aplicativo x as redes sociais.

O estudo do Reuters Institute foi realizado com base em pesquisa quantitativa e questionários em grupos de discussão diz a Folha UOL. Se você é mais um aficionado pelo WhatsApp, deve saber do que estamos falando.

Sugerido para você:
Sem comentários.

Deixe uma resposta